Meu Jardim foi desenvolvido com as seguintes premissas: ser visualmente atrativo, muito simples e que não precisasse ser competitivo.
O resultado foi um tipo de quebra-cabeças abstrato, onde os jogadores têm 45 peças para montar um jardim super colorido e sempre diferente! O jogo pode ser utilizado como um brinquedo, onde as crianças podem brincar com as peças de várias formas, mas oficialmente ele possui regras e dois modos de jogo: Desafio e Normal.
O modo Normal, é similar ao dominó, onde os jogadores colocam as peças de suas mãos na mesa, uma por vez, encostando as figuras semelhantes. Os jogadores que conseguirem encaixar todas as suas peças são considerados vencedores, e os que ficarem com uma ou mais peças impossíveis de serem encaixadas, são considerados perdedores.
No modo Desafio, a ideia é tentar recriar uma das formas sugeridas no folheto de regras. Neste caso os jogadores não estão competindo entre si, e podem olhar todas as peças para escolher onde encaixá-las, desde que encostem as figuras iguais, umas nas outras. Este é um passatempo mais difícil mas instigante, pode levar horas e agrada também aos mais velhos.

Em 2016 o jogo foi lançado pela Ludens Spirit!
Você pode saber mais sobre como foi o desenvolvimento deste jogo no blog

O jogo está à venda no site da Ludeka. Garanta o seu!

imprima uma versão de teste*

4+
2 a 4 jogadores no modo Normal
15 a 30min no modo Normal.

• Este jogo foi criado como presente para o aniversário de 5 anos da minha sobrinha Melissa. É por isso que defini aquelas premissas iniciais, e também por isso uma das figuras sugeridas no modo Desafio é uma letra M!
• Por mais abstrato que o jardim fique no final, as crianças sempre conseguem enxergar nele alguma forma, como quando estão olhando para nuvens.
• O manual oferece mais de 20 formas para o desafio, mas você também pode criar as suas!
• No modo Normal, tente se livrar logo das peças de uma cor só e fique de olho nas cores que estão saindo mais, pois elas podem ficar cercadas por outras, impedindo que você desça a sua.
• Outra dica é tentar criar espaços onde nenhuma peça cabe, isso limita as possibilidades e deixa o jogo mais interessante!
• A arte do jogo, o vídeo e as fotos, foram feitos respectivamente por Luiza Sequeira, Dois Pontos Filmes e Hugo Vicente.